[MiniFic] Heart, Mind and Soul

Ir em baixo

[MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por daianafeijo em Ter Set 22, 2009 9:39 pm

Conteúdo: Livre
Classificação: G
Estilo: Destino [?!][Não sou com essas coisas de gênero e estilo~]
Personagens: Fabiana [Shinigami] e Changmin
Autora: Daiana Feijó
Capítulos: 1 [Dividido em três partes]

Status
: Concluído
Resumo: Uma alma que encontra-se com um shinigami, e sua vida será mudada para sempre.


Heart, Mind and Soul by Daiana Feijó is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.


Parte I





Os dias têm sido tão chatos e longos ultimamente, sempre fotos, entrevistas, apresentações e shows. Fugir de fãs e tentar aproveitar as pouquíssimas horas de descanso.


Sempre tendo que sorrir, parecer alguém que eu realmente não sou.


- Qual a razão para viver uma existência patética dessas?! – Perguntava-me enquanto estava de olho no sinal de trânsito.


- Cuidado – Senti-me ser puxado para trás. Quando a vi, todas as minhas dúvidas, todas minhas preocupações, incertezas, tudo, absolutamente tudo, sumiu de minha mente.


"Um anjo" Foi à única coisa que me veio à mente ao vê-la.


Escutei um barulho alto, freios de carro sendo acionados, quando voltei meus olhos para a avenida, eu pude ver um carro parado poucos metros a minha frente, um homem saia dele gritando, algumas pessoas começavam a se amontoar. Eu não ligava para nada daquilo, apenas tinha ela em minha mente, aquela bela, e angelical garota que havia me salvo.


- Você está bem?! – Ela perguntou-me, passando sua mão no meu rosto, ela usava um sobretudo preto e luvas brancas.


A voz dela soava como uma bela melodia, as palavras formavam uma agradável canção.


Fiquei sem palavras, não sabia o que fazer e muito menos o que falar para ela, mas tentava sacudir a cabeça e afirmar que estava bem, apesar de minha voz não sair, as palavras estavam entaladas em minha garganta.


- Que bom, fico feliz – Ela parecia estar aliviada – Qual seu nome? – Ela voltava a cantar. Tudo o que ela falava parecia uma letra de música, sua voz era perfeita, harmoniosa. Parecia uma voz dos Deuses – Seu nome?! – Ela repetiu a pergunta. Talvez, pensando que eu não estivesse compreendendo-a, por que após isto ela apontou para si – Sou Fabiana... Você? – Ela bateu com seu indicador em meu peito, de leve. Eu entendia muito bem o que ela falava, mas meu corpo não obedecia meus comandos, parecia estar enfeitiçado pela beleza dela.


Confesso que senti vontade de rir daquela situação, mas, nem isto meu corpo conseguia. Ele havia se esquecido de todas as coisas básicas.


- Tudo bem, até, bye – Despediu-se, mas eu não poderia deixar aquele momento passar, não queria perdê-la de vista, segurei-a pelo braço, puro reflexo, medo, talvez.


- Changmin – As palavras começavam a sair de minha boca. Foi apenas meu nome, mas foi uma evolução.


Aos poucos o controle sob meu corpo voltou a ser meu – Shim Changmin – Ela respondeu-me apenas com um sorriso.


Aquele sorriso. Foi como se ele iluminasse aquela noite, transformando-o em dia, era mais lindo que o pôr-do-sol, que eu tanto amava.


- Nice to meet you (Prazer em conhecê-lo), Shim Changmin, tome mais cuidado! Take care! – Ela misturava o Inglês com o Japonês, totalmente charmosa.


Apesar de eu entender pouco inglês, não compreendi muito bem o sotaque dela, mas eu sentia o sentimento das palavras dela.


Novamente ela me deu as costas, indo embora. Meu coração acelerou, senti-me ruborizar pelo que eu iria fazer, mas, não poderia deixá-la ir embora. Não poderia deixar aquele anjo ir embora, não mesmo.


Segure-lhe pela mão, pegando naquela luva branca, queria tocar-lhe, mas parecia impossível por causa das roupas.


Desejava tê-la para sempre ao meu lado, a única coisa boa que me aconteceu desde, bom, desde muito tempo.


Fazia muito tempo que não me sentia tão feliz, tão vivo.


- Espere... Eu-eu... te pago um café – As palavras, meu corpo, aos poucos voltavam ao meu controle – Afinal, você me salvou, te devo muito mais que um café... – Eu estava grato, mas não por ter me salvo, mas sim por ela ter entrado em meu caminho.


- Um café está bom de inicio – Ela tapou seu belo sorriso com a mão livre


Fomos para uma cafeteria ali perto, de onde havia saído a pouco tempo, de uma entrevista. Não queria levá-la lá, mas era o lugar mais próximo de onde estávamos e não queria perdê-la de vista.


Ao entramos no local, a recepcionista me reconheceu de imediato


- Esqueceu algo, senhor Changmin? – Perguntou-me assim que eu me dirigi a ela.


- Não, apenas quero uma mesa! – A recepcionista olhou por cima de meu ombro, olhando para minha anja. Então ela nos levou até uma mesa longe das janelas, uma parte mais reservada, longe das vistas alheias.


- Você vem sempre aqui?


- Não – Ela olhava-me, analisando – Na verdade, eu vim aqui mais cedo – Sorri para ela, tentando parecer menos nervoso, mas era impossível.


- Hmmmm – Ela olhava em volta – É um belo lugar... Era um encontro com alguma namorada? – Perguntou-me olhando fundo em meus olhos


- Nãooooo – Eu gritei, fui espontâneo, eu não queria, mas foi automático.


Ela começou a rir da minha reação, eu senti minhas bochechas queimarem.


Novamente aquele sorriso iluminava o lugar. Eu queria guardá-lo em um cofre, era tão precioso, queria escondê-lo dos olhos alheios, guardá-lo somente para mim.


Continuamos a conversar, fluía, navegávamos pelas nossas ideias e sonhos. Qualquer besteira, desde o que eu havia comido, ela queria saber tudo, eu adorava contar para ela.


Ela sorria, como se cada palavra fosse à última.


- Você é o Max do TVXQ, né?! – Uma garota, uma fã, apareceu ao lado de minha mesa.


- Sim – Eu forcei um sorriso, ela havia atrapalhado aquele momento tão mágico, mas eu deveria dar-lhe atenção, fã é fã, devemos ser bons com eles.


Dei-lhe um autografo e ela logo foi embora


- Você é famoso? – Minha anja parecia não me conhecer, realmente, fiquei feliz, e triste


- Um pouco – Respondi, mentia, mas queria que ela me conhecesse como Shim Changmin, não como Max Changmin.


- Você não deveria se esforçar tanto, não deveria se forçar a parecer o que não é. Ou mostrar um sorriso, mesmo não querendo sorrir para ela.


- Por que você acha que estou me esforçando a parecer o que não sou? – Fiquei curioso, ela parecia conhecer mais de mim, do que eu mesmo.


- Por isso – Ela mostrou-me uma careta e em seguida começou-me a fazer cócegas.


- Para – Eu implorava, não conseguia parar de rir, as lágrimas rolavam de tanto que eu ria.


- Viu, isso foi espontâneo! – Ela passou um lenço, de leve, em meu rosto, limpando as lágrimas que escorriam – Preciso ir-me agora! – Ela olhava para um velho relógio de parede


- Mas é cedo... São apenas... 23:40h – Dei-me conta que haviam se passado mais de 4 horas que eu estava com ela – O tempo passou tão rápido.


- Sim – Ela sorriu enquanto levantava-se


- Qual seu telefone? – Peguei meu telefone, pronto para anotar seu número


- Não tenho


- Seu endereço... Esperai... como você não tem telefone? – Debochei. Não deveria, mas tem horas que eu não consigo controlar minha maldita boca.


- Não tendo, oras – Ela dirigiu-se a saída do bar, irritada, talvez, pela minha brincadeira


- Espere, eu estava brincando, volte – Eu segurei o braço dela com força, ela apenas me olhou, e eu a soltei – Desculpe, realmente, me desculpe... Eu apenas quero ter certeza que vamos nos encontrar novamente... Quero muito te ver novamente!


- Nós vamos... – Ela começou a caminhar rápido, depois de sair do café, entrou em meio a uma multidão, que passava por ali.


Eu ainda tentava seguí-la. Há vi entrando em um beco, próximo, corri, enquanto tentava me desviar das pessoas.


Corria o mais rápido possível, quando cheguei na entrada do beco, olhei, forçando a visão, em meio ao breu, mas ela havia sumido.


Simplesmente sumira. Então, ela sumiu da minha vida, rápido, assim como havia entrado nela.


Foi assim que eu conheci o primeiro e único amor.
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por Mariana Valentin em Qui Set 24, 2009 4:45 pm

*___* que liindo ! amei

tem mais ?! =O eu quero \õ/
avatar
Mariana Valentin

Mensagens : 28
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por daianafeijo em Qui Set 24, 2009 5:16 pm

Parte II





- Minha nova missão, um rapaz de 20 e poucos anos, Sul-Coreano, tem tudo o que quer da vida, e ao mesmo tempo não tem nada... Uma vida oca – Fabi lia o seu relatório, antes de descer a terra – E lá vamos nós!


Ela fechou os olhos, seu corpo todo vibrava e ao abri-los novamente, se viu em meio a uma multidão


Decidir se o deixarei continuar nesta existência oca ou se ele irá seguir adiante, isto faz parte do meu trabalho como Shinigami. – Sempre fora assim que eu pensei... Levar sua alma, ou deixá-la


Primeiro vamos segui-lo por um dia, antes de iniciar minha aproximação, como de costume, vamos ver o que ele faz.


"Será que sua existência aqui vale à pena?! Será que devo te deixar continuar a ser oco? O que vamos fazer com você?" Ela estava sentada ao lado da cama de Changmin, acariciando os cabelos dele.


Usava um vestido branco, de mangas curtas, e nas mãos, suas luvas brancas, as luvas que protegiam os que ela tocava.


O toque de todo shinigami é mortal para os seres vivos. Seu toque absorve a vida do ser que é tocado, fatal.


Ele começou a se espreguiçar, Fabi ao perceber, saltou da cama, correu até a janela, parou no parapeito, olhando para baixo, estava no 10º andar do prédio. Olhando para o horizonte, uma bela visão da Torre de Tokyo podia ser vista daquela sacada.


Ela fechou seus olhos, abriu os braços e saltou.


O sol começava a nascer. Ela sentiu o sol passar pelo seu corpo, segundos antes dela desaparecer no ar.


De longe, Fabi observava Changmin saindo do seu hotel. Despediu-se de seus amigos, outros quatro rapazes, cada um seguindo seu caminho.


Fabi foi atrás de seu alvo. O rapaz mais alto de todos.


"Ele tem um certo charme, para quem vive uma vida oca. Por que você é tão sozinho?"


Uma chuva fina começou a cair. Ele correu para se abrigar embaixo de uma marquise. Fabi ficou poucos metros atrás dele, escondendo sua presença, sem que ele pudesse notá-la.


"Uma criança abandonada, as pessoas são realmente horríveis" Pensava a shinigami ao ver uma criança, tremendo de frio, ao lado de Changmin, tentava se proteger da chuva, também, deveria ter uns 10 anos, ou mais.


Algo surpreendeu à jovem shinigami. Seu alvo tirou sua japona, e colocou sobre os ombros do pequeno garoto, ele tirou uma nota de 10 mil yens do bolso da calça e deu-lhe também


- Compre algo para comer – Foi o que Fabi conseguiu entender.


"Se eu tivesse um coração, eu ficaria comovida"


O garoto colocou a mão sob a cabeça, tentando se proteger um pouco da fina chuva que caia, e começou a correr, até um outro ponto da rua. Ela sempre o seguindo de perto.


Ele entrou em um restaurante, ela ficou olhando através do vidro. Lá dentro estava acontecendo uma sessão de fotos.


"Como ele pode ter uma vida assim e não aproveitar?" Menos de 30 minutos, Changmin saia daquela sessão, se despediu de todos os staffs, totalmente frio, mas tentando demonstrar um sorriso sólido a todos, sendo gentil.


"Falsidade, outro erro... Empatado, até agora"


Ao sair do restaurante, ele pegou um táxi, a chuva havia começado a ficar mais forte.


Fabi pegou um táxi, logo atrás, seguiu ele até um hotel.


Ela o seguiu pelo saguão, ele virou-se algumas vezes "Será que ele percebeu minha presença? Impossível" Ela continuou a segui-lo, ele pegou o elevador, ela esperou o elevador parar e viu o número do andar "4º Andar", ela subiu pelas escadas.


No quarto andar, "Mais uma sessão de fotos? Descanso zero?! Ele é de aço?"


- Comida – Ele gritou ao ver uma mesa com vários tipos de comida servidas


"Gula, um pecado... Você está perdendo de 2 a 1" Ele comia tudo que via pela frente "Saco sem fundo ¬_¬"


"Ele está roubando comida?... 3 a 1?" Changmin colocou um pouco de comida em uma sacola e saiu da sessão, como na anterior, com o mesmo sorriso falso


"Falsidade novamente?" Ela sacudiu a cabeça, negativamente, ele parecia um caso perdido.


Changmin pegou o elevador, e Fabi usou o elevador do lado, quando chegaram do lado de fora, ela o viu dando a sacola de comida para uma velha senhora que estava pedindo esmola em frente ao hotel "Ok, empate novamente, retiro o ponto do roubo, ou deveria manter?O.o"


"Não, chega, mais uma sessão de fotos eu não agüento" Ela pensou ao vê-lo entrar em um café, onde tinha duas pessoas esperando-o.


Ela ficou novamente do lado de fora, mas conseguia ouvir tudo o que eles conversavam lá dentro.


Os pontos principais foram quando a repórter perguntou sobre a família dele. Ela sentiu, o coração que ela não tinha, pesar.


Ele estava longe de sua casa, na Coréia a 1 ano e 6 meses.


Saudades não era apenas uma palavra para o que ele sentia, era o sentimento supremo. Imperava no coração daquele jovem rapaz, que não queria apenas realizar seus sonhos, mas também queria conseguir dinheiro para dar uma boa vida a seus pais.


Ela estava sentindo compaixão por ele, algo que ela nunca havia sentido em nenhum de seus outros casos. Sempre fora 'Pontos positivos x Pontos negativos', mas, agora, com aquela pessoa, aquilo havia mudado.


"Será que é por isto que ele é tão fechado e frio? Ao mesmo tempo tão bondoso com aqueles que necessitam?"


Minha decisão está tomada.


Você irá morrer.


Após a entrevista, ela o seguiu para o destino final. Ela ficou lado a lado com ele, esperando o sinal abrir.


"HMPF, ele nem me notou... Você tem um olhar tão vazio, tão triste... Me faz querer consolá-lo... Mas minha decisão foi tomada, não posso mudá-la"


O carro, vem em sua direção... Seria seria o desfecho daquele dia


- Cuidado – Fabi o puxa, salvando-lhe a vida


"Você irá morrer, com certeza, mas não será hoje e não serei eu a levar sua alma"


Salvar a vida de um mortal, não é a tarefa de um shinigami, minha condenação me espera.


Ele tentei conversar com ele, mas acho que ele não gostou muito de mim. Talvez tenha sido só impressão?!


- Vamos tomar um café? – Foi o convite dele, senti-me diferente, alguns sentimentos começaram a brotar.


Seguimos até o café, onde ele havia participado da entrevista, nossa conversa brotava, tranqüila.


Uma dor corroia-me por dentro, sabia, que após aquilo, tudo estaria acabado para mim, mas, consegui algo que me tranqüilizou


"Sei que fiz a coisa certa" Este pensamento estava fixo em minha mente, após conseguir ver o sorriso sincero dele.


Foi engraçado, os olhos dele pareciam mexer-se de forma estranha enquanto ele ria, batia palmas. Lembrava-me uma criança.


"Sim, uma criança, é isto o que ele é, uma criança que teve que virar adulto muito cedo. Por isso ele não sabe aproveitar o dom da vida, por isso o olhar dele é tão triste e seu sorriso falso. Espero que pelo menos eu tenha conseguido mudar algo dentro dele."


- 23:40 – A hora chegava, meus últimos minutos na terra, minha missão estava completa, bom, quase, eu fiz algo que não deveria.


Preciso seguir para o Heaven e receber meu castigo. Minha sentença. Não espero nada de bom dela, mas, eu adoraria ver seu sorriso novamente.


Tentei-me despedir dele, algo novo para mim, enquanto me afastava dele, lágrimas rolaram por minha face.


"Adeus, meu primeiro amor" Enfiei-me no primeiro local escuro, onde poderia sumir e seguir para meu destino, o destino cruel que me aguardava.


- Sua sentença...


- Escuto de coração aberto – Interrompi meu mentor


Múrmuros começaram a minha volta, todos falavam a respeito da minha frase


- 'Coração? Que coração?' – Todos se perguntavam


- Silêncio... – Mentor gritou aos outros shinigamis que sussurravam - Sua sentença é a Morte!
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por Mariana Valentin em Seg Set 28, 2009 3:05 pm

*______________*

aah. to adoraando =D

muito liinda
avatar
Mariana Valentin

Mensagens : 28
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por daianafeijo em Seg Set 28, 2009 3:08 pm

^
Parte III



-
Kyaaaaaa... Que dia quente! – Espreguiçava meus braços acima da cabeça,
eu e meu amigo de infância estávamos deitados no telhado da casa de
minha avó

- Sim, quente – Ele me respondeu, olhando para mim, me deixando envergonhada

- Max, o que está fazendo aqui? – Perguntei-lhe ao me dar por conta que ele deveria estar na aula

-
Apenas vim te visitar, levei meu robô para o conserto, e precisava de
um descanso... Tome, uma cerveja - Ele tirou uma lata da sacola que
estava ao seu lado e me alcançou

-
Ei, eu sou de menor! Rapazinho! – Nós dois começamos a rir – E eu estou
meio doente ainda – Forcei uma tosse e apertei as bochechas dele

-
Só você consegue me fazer rir assim! – Ele passou a mão em meus
cabelos, bagunçando-os – Estava preocupado com você! – Ele olhava fixo
em meus olhos, me fazendo ruborizar

-
Sabe o que minha avó disse!? – Eu tentei mudar de assunto – É muito
engraçado... Ela disse que somos almas reencarnadas, almas gêmeas. –
Comecei a rir, mas ele continuou sério

- Sua vó é uma grande sábia! – Ele olhava para o horizonte, adorava aquela expressão séria dele

-
Quem sabe! Achei só estranho... Ela disse que eu fui uma shinigami e
você um astro da música no século passado! Achei engraçado =p

- Bem, que eu sou ótimo e famoso, bom, isso não é de uma vida passada!

- Convencido! – Ela abriu jogou a lata de cerveja em Max

-
Se eu fosse você me apressava e aceitava logo se casar comigo! Tem
várias garotas correndo atrás de mim! – Bina olhou com uma cara zangada
para Max

- Mas eu só tenho olhos para você, claro! Ano que vem nos formamos

- Max, seu bobo, ainda temos todo o tempo do mundo para sermos felizes!

- Sim, mas eu quero passar cada minuto ao seu lado, sendo feliz, para sempre, somente com você! Meu único amor!

Bina deu um grande e caloroso beijo em seu noivo, Max.



Um século antes

Múrmuros atormentavam a sala, outros shinigamis estavam em alvoroço

-
Silêncio, silêncio – O mestre que havia acabado de dar sua sentença,
tentava chamava a atenção – Você irá morrer, sua sentença é a morte...
Sua vida como shinigami acaba aqui. Você tem algo que nenhum outro
shinigami tem, sentimentos! Na sua última visita a Terra, você ganhou
algo que nenhum de nós nunca teve: Um coração!
Você
irá ganhar uma segunda chance. Irá reencarnar, como humana. Terá a
chance de ser feliz ao lado do humano que defendeu! Terá a chance de
ser feliz ao lado dele, em sua próxima vida.
_________________________________________________________
Que bom que gostou, mas o final ficou horrivel =.=' uhuahauhauahauha Logo mais posto outra FIC^^
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por Mariana Valentin em Seg Out 05, 2009 9:41 pm

AAAA ! *----*

amei a fic Daiana ! *O*

parabens e obrigado por compartilha-la
avatar
Mariana Valentin

Mensagens : 28
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por daianafeijo em Seg Out 05, 2009 9:55 pm

Que bom qe gostou xD Depois eu publico outras xD /tenho várias;
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por yasha-hime em Qua Out 07, 2009 12:54 pm

Uiia qm eu encontro por aqui... Nhaaa...Essa fic eh tuuuddooo!
avatar
yasha-hime

Mensagens : 25
Data de inscrição : 30/09/2009
Idade : 27
Localização : Hyunnie's Land

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por daianafeijo em Qua Out 07, 2009 12:56 pm

Yasha aque também *w*
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por JunNieK2 em Sex Nov 06, 2009 6:27 pm

ameeei *-*

JunNieK2

Mensagens : 2
Data de inscrição : 05/11/2009
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiiro õ/

Ver perfil do usuário http://arashiedbsk.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MiniFic] Heart, Mind and Soul

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum