[Oneshot] Cartomante PG

Ir em baixo

[Oneshot] Cartomante PG

Mensagem por daianafeijo em Seg Set 21, 2009 4:20 pm

Título: Cartomante [Não pensei em nada melhor~]
Autora: Eu ~~ [*Baseado num sonho *----*~]
Categoria: (coloquei opções abaixo)
Classificação: Livre
Capítulos: Oneshot
Completa: [x] Yes [ ] No
Resumo: Mimimimi =X
Estilo: Darkfic, Dream [!?] Destino [?!][Nao sou com essas coisas de gênero~]
Personagens: Daiana [Eu], Jo e DBSK
Ps. Ignorem os erros de português, eu sou anarfabeta em 5 idiomas ><
<span style="font-weight: bold;">Resumo:</span></span><span class="postbody" style="font-size:130%;"><span cc="http://creativecommons.org/ns#" property="cc:attributionName"> Depois de um dia no parque, somente o reencontro de almas gêmeas, reencarnadas, para fechar o dia com 'chave de ouro'.</span></span><span class="postbody" style="font-size:130%;">
</span><div style="text-align: center;"><span class="postbody" style="font-size:130%;"><a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/"><img alt="Creative Commons License" style="border-width: 0pt;" src="http://creativecommons.org/images/public/somerights20.png" /></a></span><span style="font-size:130%;">
</span></div><span class="postbody" style="font-size:130%;"><span style="font-style: italic;font-size:85%;" dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/" href="http://purl.org/dc/dcmitype/Text" property="dc:title" rel="dc:type" >Cartomante</span><span style="font-style: italic;font-size:85%;" > </span><span style="font-size:85%;">by </span><span cc="http://creativecommons.org/ns#" property="cc:attributionName" style="font-size:85%;">Depois de um dia no parque, somente o reencontro de almas gêmeas, reencarnadas, para fechar o dia com 'chave de ouro'. I</span><span style="font-size:85%;">s licensed under a <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/">Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License</a>.</span>


Após um exaustivo dia no parque de diversões, com Daiana arrastando Jo para todos os brinquedos, o sorriso da garota ia de orelha a orelha. De cima da roda gigante elas avistaram vários trailers interessantes, em uma parte mais afastada do parque, alguns tinham pinturas bizarras, outros cores alegres. Depois de uma discussão se continuariam pelos brinquedos ou iriam ver os trailers, bom, Jo ganhou, elas foram andar entre eles para vê-los de perto. Em meio à caminhada, poucos metros à frente, Jo avistou um que lhes chamou muito a atenção, todo preto, havendo um letreiro luminoso acima da porta, com a palavra 'Cartomante', aquele luminoso estava muito sujo, não devendo ser limpo há muito tempo. Jo conduzia Daiana, por apenas ser supersticiosa ou pura curiosidade, não importava, aquele lugar sombrio parecia estar lhe chamando. Daiana acabou cedendo às investidas da amiga, e indo a contragosto. Ela não acreditava naquilo de 'adivinhe seu futuro', mas essa cartomante era diferente, ou aparentava, devido aos dizeres no anúncio ao lado da porta:

"Veja seu passado, saiba de suas vidas anteriores, será que você foi um Rei? Uma Rainha? E descubra como isto irá influenciar seu presente."

A porta estava semi-aberta, foi necessário um singelo tocar de dedos de Jo e a porta foi-se para trás, fazendo as duas apertarem suas mãos ao escutarem o som das dobradiças enferrujadas. Daiana sentiu um arrepio lhe subindo a espinha quando colocou o pé dentro do trailer. Mesmo pouco iluminado, podiam ver as pinturas internas, tendo diversos rabiscos em formas de olhos desenhados nas paredes, teto e chão, a luminária que havia no teto, rústica, tendo pêndulos de cristal. Forcejando os olhos elas conseguiram ver uma toalha vermelha com pequenos círculos dourados que cobriam a mesa, está ficava no centro do trailer. Há cima da mesa havia um globo de cristal, dele era emitida uma pequena luz perolada, não o suficiente para iluminar aquele ambiente macabro, mas o suficiente para lhes deixar aterrorizadas. De cada lado do globo podiam-se ver algumas cartas de tarô postas na mesa, de alguma previsão anterior, provavelmente.

Quanto mais se aproximavam da mesa, mais assustadas as meninas ficavam, elas se guiavam pela luz do globo, em meio a vários panos que estavam presos no teto, pedaços de panos rasgados, dando a impressão que aquele lugar fosse maior do que realmente era. Toda aquela decoração lhes assustava, mas Jo continuava a puxava sua amiga pela mão, cada vez mais para dentro daquele lugar que parecia saído de um filme de terror, apesar de terem dado não mais que cinco passos dentro do trailer, para Daiana, pareciam que tinha caminhado mais de cinco quilômetros, ela não queria dar mais nenhum passo, mas Jo insistia em puxá-la.

- Sejam bem vindas – Uma senhora apareceu, sentada em uma cadeira de madeira, a cadeira que poucos segundos atrás estava vazia, as duas se perguntavam, em pensamentos, de onde havia saído aquela velha senhora, mas sabiam que não teriam a resposta. Elas ficaram paradas por alguns instantes, assimilando a nova presença, que contracenava muito bem com o ambiente, ela parecia um fantasma, era extremamente branca, um longo cabelo negro, em cada orelha duas argolas, poderiam ser usadas como pulseiras, de tão grandes, além disso, ela usava várias pulseiras e correntes, todas douradas, um vestido bem largo e multicolorido, com diversas estampas. As poucas rugas que conseguiam ver eram de suas mãos e olhos, metade de sua face estava coberta por um véu, deveria ter mais de 70 anos.

- Garotas, entrem, não tenham medo – A velha senhora continuava com seu braço estendido a frente do corpo, mostrando-lhes o caminho até as cadeiras para elas sentarem. Daiana queria fugir dali, a voz daquela senhora era tão assustadora quanto sua aparência, tanto como aquele lugar.

- Olá, meu nome é Jo, está é Daiana – Jo sentou-se na cadeira da esquerda e puxava Daiana para sentar-se ao seu lado, segurava com força o braço de sua amiga para que ela não escapasse.

- Minhas meninas, vocês vieram conhecer seu passado ou futuro? – Ela então pegou a mão de Jo – Deixe ver... Que tal um pouco dos dois?! – Aquela senhora começou a passar seu polegar pelas linhas da mão de Jo, como se estivesse lendo-as

- Um... Que interessante... Você foi muito feliz em sua vida anterior. Você amou muito uma pessoa, entregou toda sua vida a ela, mas sua morte... Sua morte foi cruel... Você foi assassinada... Pelo homem ao qual havia se entregue por inteira... Foi algo realmente horrível...

- Er... Ok... Não gostei muito do meu passado, que tal passarmos ao meu futuro?!

- Ok, você quem sabe minha filha, mas nosso passado sempre está ligado ao futuro. Tudo que fazemos ou sentimos na vida anterior, se não for bem administrado irá influenciar diretamente nesta... Algumas pessoas somente andam em círculos outras conseguem ter uma continuação – Ela então começava a passar a mão aberta sobre a mão de Jo, fechou seus olhos e levantou sua cabeça, parecia tentar sentir as vibrações emanadas das mãos de Jo – Seu futuro é um branco... Depende somente de você para fazê-lo completo e da forma que você quer... Mas lhe asseguro, você está prestes a encarar seu assassino

- Eu vou morrer? – Perguntou assustada Jo, que mesmo instante puxou sua mão. Daiana e Jo arregalaram os olhos. Daiana segurava forte o braço da amiga

- Não, minha filha, como eu havia lhe dito, o passado se conecta ao presente e também ao seu futuro. O assassino que me refiro é de sua vida anterior... Mas veja como as coisas são interessantes... Como nosso destino brinca conosco... Só irá depender de você perdoá-lo e amá-lo por completo, novamente... Apesar de já amá-lo em segredo... Você já o conhece muito bem, em seus sonhos...

Daiana e Jo que outrora estavam assustadas, agora estavam confusas com as palavras daquela velha cartomante.

- Agora você minha querida – A cartomante estendia a mão, aguardando por Daiana. A menor estava receosa, não tinha certeza se queria ouvir o que ela tinha a dizer, tinha medo de começar a acreditar em toda aquela baboseira que ela havia dito até aquele momento.

Jo foi rápida e rasteira, puxando a mão de Daiana e conduzindo a mão da amiga até a cartomante. No instante que sua mão repousou sobre a mão da cartomante ela sentiu como se um magnetismo a prendesse ali, não conseguindo fugir.

- Minha querida – Ela começou a fazer o mesmo ritual que fizera com Jo - Você foi tão feliz em sua vida anterior, viveu ao máximo, enquanto pode, pois morreu muito jovem, mas mesmo assim conseguiu deixar sua marca no coração de um rapaz... O grande amor de sua vida ficou para trás enquanto você partiu para o outro plano e deixou com ele sua promessa... A promessa de serem um do outro eternamente. – Daiana queria interromper, não queria mais continuar a escutar, aquilo tudo fazia seu coração doer, ela não sabia o porquê, mas doía profundamente, como se uma antiga ferida tivesse sido aberta - Você o esperou, sempre com alegria, queria reencontrar seu amor para renascerem novamente, juntos e poderem cumprir sua promessa... Mas ele demorou um pouco mais do você pode esperar no Heaven, você acabou vindo a Terra e renascendo poucos meses antes dele... Mas o destino é uma eterna caixinha de jóias, quando menos esperamos, nós a abrimos e vemos aquelas belas jóias que tem dentro dela e nem lembramos, nos trazendo uma agradável surpresa... E o seu destino lhe reserva uma maravilhosa surpresa. Você irá se reencontrar com ele...

- Ok, nome, endereço, telefone e CPF dele, por favor... – Daiana conseguiu sair do transe, após a mulher soltar sua mão e agora debochava das previsões daquela velha senhora

- Querida, nada na vida acontece por um mero acaso, tudo tem seu fluxo e destino, inclusive vocês terem entrado aqui. Isto segue um fluxo, uma linha constante e delicada... Qualquer ato ou ação imprudente podem mudar seu destino fazendo-se romper esta linha e amarrando-a em outra, outro destino. Você irá encontrá-lo acreditando ou não em mim. Ele é sua alma gêmea, sua outra metade e vocês saberão quando se encontrarem... Vocês saberão apenas com seu olhar tenro um para o outro... O olhar de quem esperou mais de 100 anos para poder se reencontrar

- Ahan... Ok... Quando é mesmo? – Daiana permanecia relutante em acreditar

- Você não acredita, não é mesmo?! Acho que deveria, afinal, seu pai também tinha este mesmo dom e certa vez lhe disse estas mesmas palavras – Daiana congelou ao ouvir tais palavras "Como ela sabe sobre isso? Ela deve ser alguma conhecida da Jo, só pode..."

- Ahan... Meu pai nunca me disse nada disse e ele não fazia dessas coisas...

- Não adianta mentir para seu coração... A verdade sempre vem à tona... Espere mais cinco minutos aqui dentro e depois pode ir-se, ok?

Daiana não aguentava mais ficar naquele trailer, simplesmente não queria mais ouvir aquela velha falar, ela lhe assustava, lhe dava calafrios. Ela não esperou passar-se nem um minuto, saiu rápido do trailer, sem rumo, apenas queria ir para longe daquele lugar, sua amiga corria atrás dela.

Quando estavam já a alguns passos daquele trailer, Daiana respirou fundo, aliviada por ter saído de lá, foi pegar seu celular, mas viu que havia esquecido sua bolsa, ela voltou correndo para pegar, mas sem perceber, topou em um rapaz que estava perto da porta do trailer, olhando em volta. Ele estava acompanhado de outros quatro rapazes distraídos como ele. Daiana estava prestes xingá-lo, quando ouviu Jo gritar, olhou melhor para aquele rapaz no qual havia topado, era Junsu, e os outros quatro: Jaejoong, Yunho, Yoochun e Changmin... Era o DBSK, o grupo número 1 da Ásia, melhor e mais famoso grupo de todo o oriente.

- 5 minutos agora – Espantou-se Jo enquanto olhava para seu relógio, lágrimas escorriam por sua face, ela não acreditava que está de frente com os meninos e Daiana permanecia no chão, sem acreditar. Junsu foi até ela e a ajudava a se levantar. Jae e Yunho tentavam acalmar Jo, que entrara em choque. Yunho tampava a boca de Jo com sua mão para ela não gritar novamente e não chamar mais ainda a atenção, enquanto Jae tentava falar num péssimo inglês com Jo:

- Please, sit down O.o (Por favor, sente-se)

- É "Stay calm" (Fique calmo) – Retrucou Changmin, em Coreano, dando um tapa na cabeça do outro

- Carma, pofavo - Changmin tentava falar em Português com Jo, fazendo sinal com as duas mãos para ela se acalmar

- Ela não vai entender o que você está dizendo, seu português é péssimo Changmin, apesar de não ser tão ruim como o Inglês de Jaejoong... – Caçoou Daiana, em Japonês, fazendo os meninos soltarem um suspiro aliviado

- Nossa que bom que você fala Japonês. Nós estamos perdidos, será que podem nós ajudar? – Se introduzia Yoochun, em japonês, sua segunda língua, enquanto pegava na mão de Daiana e dando-lhe um beijo, fazendo-o, assim, levar um tapa de Junsu

- Eu a vi primeiro, sai fora Yoochun – Resmungou Junsu em Coreano, pensando que ela não entenderia.

- Eu ajudo vocês, sem problemas – Daiana respondeu em coreano, rindo e fazendo Junsu ruborizar-se

- Caracóis, as meninas não vão acreditar quando contamos que encontrou e ajudou o DBSK – Jo recomposta, sussurrou ao pé do ouvido de Daiana

- Eu só preciso pegar minha bolsa... – Daiana disse em japonês. Por um instante ela olhou para sua amiga e reparou como ela babava em Yunho e ele retribuía o olhar, demonstrando segundas intenções – Será que dá para vocês cuidarem de minha amiga? Mas se você ficar tão perto assim dela, Yunho, ela vai enfartar – Antes de receber o soco que Jo estava preparando-se para dar, Daiana entrou correndo no trailer, foi até a mesa, e viu em cima de sua bolsa um papel com seu nome dentro havia a mensagem, "Você não acreditou nas minhas palavras, mas acabou de encontrar sua alma gêmea... Não o deixe novamente" Ao ler aquele bilhete os olhos dela encheram-se de lágrimas

- Você está bem? – Junsu perguntou em japonês, assustando-a, ela quase caiu, mas ele a segurou pela cintura, seus olhos se encontraram e sentiam suas respirações ofegante. Daiana sentia seu corpo todo estremecer por estar nos braços dele. Os dois ficaram por alguns instantes se olhando. Aqueles olhos castanho–escuro com os quais Daiana sonhara muitas vezes, estavam ali, fixos nela, aquele olhar doce, fazia sua boca secar e seu coração acelerar.

- Você é muito bonita – Aquelas palavras que saíram da boca de Junsu a fizeram corar – Por favor, não se vá novamente – Disse em meio a um abraço forte, o coração da garota parecia querer sair pela boca

- O que você quer dizer com isso? – Ela ficou inquieta ao ouvir aquilo

- Não sei, somente veio em minha mente agora – Ele a soltou, corado, passou sua mão em seus cabelos, olhou para fora e depois estendeu sua mão para ela – Vamos? O Leader está quase engolindo sua amiga com os olhos, Changmin está reclamando que está com fome, Yoochun está chorando por que estamos perdidos e o Jae está viajando olhando pros bichinhos de pelúcia de uma barraquinha aqui perto... – Confidenciou ele

- Ah... Estão normal então! – Ela sorria, enquanto pegava na mão dele, sentiu ele apertar sua mão e ela retribuía, não o queria deixar escapar-se.

- Vocês sabem nossos nomes, vocês nós conhecem? – Perguntou Junsu, curioso, enquanto olhava para a garota.

- Somos suas fãs – Ela respondeu com seu Japonês perfeito

- Espero que você não queira ser somente minha fã – Ele sussurrando em coreano, fazendo sorrir, ao escutar aquilo, tapando sua boca com a mão discretamente e fazendo-a lembrar-se do bilhete

- Você acredita em almas gêmeas e reencarnação?

- Sim, acabei de reencontrar a minha alma gêmea há muito tempo perdida.
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oneshot] Cartomante PG

Mensagem por .: Thairine :. em Seg Set 21, 2009 4:38 pm

Ahh, Adorei *-*
Me fez lembrar dos sonhos da Karime e da Thais (logo vocês vão conhecê-las). Pena que não tenho a mesma sorte ¬¬, nunca consigo sonhar com eles ='/
Amei o " Carma, pofavo " do Changmin xD

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Without you
Life has no meaning or rhyme
Like notes to a song out of time...

> Siggy credits • .: Thairine :.
avatar
.: Thairine :.

Mensagens : 140
Data de inscrição : 13/08/2009
Idade : 26
Localização : RJ

Ver perfil do usuário http://www.dbskoficial.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oneshot] Cartomante PG

Mensagem por daianafeijo em Seg Set 21, 2009 4:40 pm

eu sonho toda noite com o Junsu *-* /ja tive pesadelos também i.i
avatar
daianafeijo

Mensagens : 46
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 32
Localização : Porto Alegre or JunsuLand *-*

Ver perfil do usuário http://revistaamf.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oneshot] Cartomante PG

Mensagem por Thais Simoni em Ter Set 22, 2009 9:31 pm

aah eu adorei a sua historia me faz lembrar os meus sonhos loucos e perfeitos com eles *-*

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

You're the force that makes me walk
You're the hope that makes me believe
You're the life for my soul
You're everything...


> Siggy credits • .: Thairine :.
avatar
Thais Simoni

Mensagens : 46
Data de inscrição : 05/09/2009
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oneshot] Cartomante PG

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum